Work's 4 Weaks

Fórum do site www.works4weaks.com.br para debatermos sobre RPG, filmes, músicas, nerdices, etc.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  Site Work's 4 WeaksSite Work's 4 Weaks  

Compartilhe | 
 

 Capítulo 1.5 - A revolta tribal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Qui Ago 26, 2010 11:03 am

ESSE CAPÍTULO SERÁ JOGADO COM O JOGADOR LUIZ E SERÃO EVENTOS PARALELOS A AVENTURA DO ALEXANDRE, ATÉ QUE ELES SE ENCONTREM (INEVITAVELMENTE LOGO)

O dia amanhece na aldeia dos Gungans, na barraca dos Taikon, Tsu e sua mãe Tsura acordam com muita preguiça. Um contingente inesperado de gungans faz com que a família acorde mais rapidamente que o habitual.



Parado diante da barraca dos Taikon, estava ele Squisitogum aguardando seu mais esquisito ainda amigo entrar na mobilização com o pessoal.

-"Hey Tsu acorda pra cuspir cara".


-"O que está havendo? Por que todo mundo está andando em fila?". Perguntou Tsura.

-"O Grande Chefe chamou todos!". Alguém respondeu.

Na frente de sua cabana, que ficava em um dos poucos lugares altos do planeta, o Grande Chefe falava para a pequena multidão que se formava.

-"Gungans, um grande mal se aproxima! Os Naboo estão querendo dominar nosso pântano, cada vez mais outras vilas estão sucumbindo, mas nós não podemos permitir! Um pequeno exército será formado em nossa vila e ficará encarregado de chegar até a vila central para solicitar ajuda e comunicar do grande perigo que se aproxima. Quem de vocês pretende formar este pequeno exército?".

Agora você tem a ação livre Luis.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Qui Ago 26, 2010 12:03 pm

Ainda com uma cara de sono, Tsu se levanta, rapidamente se arruma, enrola seu rabo ao redor de sua cintura e vai ao encontro da multidão (a muito tempo aprendera que multidões não combinam com rabo longo...).
Ao ouvir o chamado do Grande Chefe para formar um exército, ele olha para seu amigo Squisito que já estava com os olhos cheios de brilho e ansiedade...
Com um acenar de cabeça ele confirmam, querem realmente fazer parte dessa grande luta.
Logo após, olha para sua mãe Tsura, que se encontra logo mais atrás e novamente com os olhos ele pede a benção de sua mãe para participar dessa guerra pelo povo que tão bem o acolheu... afinal, hoje se considerava mais Gungan do que qualquer outro da tribo. Com um acenar confirmativo de sua mãe, Tsu está preparado!!!
Sem pestanejar, Squisitogum e Tsu se manifestam unissonamente...
- Pela minha tribo!!! Eu formarei o exército Gungan.
Tsu logo emenda:
- Os Jovens guerreiros que quiserem participar deste exército, que se manifestem!!! Devemos isso à nossa tribo!!!

obs: É Luiz (com Z porra)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Qui Ago 26, 2010 12:54 pm

[off] sorry Luiz, lá em cima escrevi certo[/off]

Ao ver vários focos de jovens Gungans se prontificando a ir a vila central o Chefe decide formar dois exércitos de jovens Gungans, um para ir até a vila central, outro para ficar e proteger a vila de algum possível ataque.

Por sua grande força, o Grande chefe decide que Tsu, Squisitogum e mais alguns jovens formarão o grupo que vai até a vila central. Por orientação do Grande Chefe eles devem solicitar orientação do General Ancião.



Na cabana do General Ancião, os jovens Gungans encontram este sentado em uma poltrona de madeira já os aguardando para conversar. Nas paredes da cabana existem vários títulos de batalhas vencidas, dentes e garras de animais e algumas armas tribais.

-"Vocês devem ser nossa esperança". Falou o velho guerreiro. -" No meu tempo os inimigos eram, outros mais fáceis, mais primitivos, mais humanos, menos máquinas. Uma grande missão foi incubida a vocês jovens Gungans, a sobrevivência d enossa aldeia, talvez de nossa raça e talvez de nosso planeta depende de vocês".

Nisso o velho ancião se levanta e começa a revirar algumas coisas dentro de um baú.

-"Os inimigos de vocês tem blaster, canhões, detonadores, laser, droids, e nós temos lanças certo? Quando eu era chefe das Forças Gungan Armadas incentivei a pesquisa e o desenvolvimento de novas armas. Hoje temos essas belezinhas aqui".

O ancião retira do báu alguns escudos com um brilhar intenso azulado, algumas esferas do mesmo tom de azul e um apito, e entrega a cada um dos jovens esses equipamentos.

-"Este é um escudo de energia, com eles os blasters dos oponentes não são nada. Essas esferas são na verdade esferas de energia, elas destroem qualquer pulso eletromagnético, o que é ideal para eliminar os abomináveis droids. E este apito serve para chamar seus Kaadu, cada um terá um, poderão usá-los como montaria aqui em Naboo".

Ele abre uma porta que sai em uma área por detrás da cabana, lá estão os Kaadu devidamente selados esperando seus cavaleiros.



-"Vocês partirão amanhã pela manhã, é bom descansarem e se prepararem para a aventura".

Ação livre
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Qui Ago 26, 2010 1:10 pm

Tsu desde já quebra o silêncio que pairou na sala do velho Guerreiro...
- Jovens Guerreiros Gungans, somos a esperança de nosso povo. Hoje nos prepararemos para uma das maiores batalhas vividas por nosso povo. A tanto nos falam desses dróids, amanhã será o dia que esses robos se tornarão apenas um amontoado de ferro-velho.
Devemos defender o nosso povo com a força da mãe natureza. Temos a vantagem de conhecer nosso próprio território e usaremos isso contra as forças malévolas!!!
Hoje descansaremos, preparem suas armaduras ainda essa noite, pois a vida do nosso planeta depende de nós!!!

Ao dizer isso, Tsu bate no ombro de seu amigo Squisito...
Squisitogum fala:
- É amigo, vc que queria descobrir "a força", é bom que ela faça a diferença amanhã!!! Vamos nos preparar e descansar, pois a noite será curta e o dia muito comprido!!!

Nesse momento, eu e Squisitogum saímos da sala do Guerreiro e vamos para suas respectivas cabanas.

(caso não acontece nada nesse meio tempo, bem pode ser que aconteça isso quando ele chegar em casa)
Chegando em casa, Tsura, sua mãe, o espera com os olhos cheios de lágrima e preocupação.
- Calma mãe, vc sabe que esse sempre foi o meu destino... afinal nós devemos isso a eles!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Qui Ago 26, 2010 4:13 pm

Depois de ouvir as palavras do "Meio-Garoto" todos oss jovens Gungans se encheram de entusiasmo, embora em alguns o temor começasse a aparecer.

-"Não temam." Disse o ancião aos temerosos jovens. -"Chegando a vila central vocês entrarão em contato com as Forças Gungans Armadas, lá receberão melhores equipamentos, reforços e, quem sabe, algum treinamento".

Dirigindo-se aos dois "irmãos", ele diz:

-"Vocês dois terão papel fundamental nesta batalha. São unidos, a união é o que falta a nós Gungans de mais idade. Lembrem-se sempre, vocês unidos formam uma força, sozinhos não tem força nenhuma, procurem sempre ficar juntos, lutar juntos, protegendo um ao outro como fizeram muitas vezes na sua infância. Seu destino "Meio-Garoto" parece ser um tanto peculiar, de filho de escrava e viajante clandestino pode ser você quem trará liberdade para este mundo".

Após mais algumas orientações sobre como chegar a vila central, o ancião despede-se dos jovens e diz que amanhã pela manhã haverá uma festa de despedida para todos.

(Acontece o que o Luiz falou)

[off] Luiz vamos dar mais um tempo senão aqui ninguém trabalha cara hauhauhuahuahua [/off]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Qui Ago 26, 2010 11:45 pm

Luiz role dois dados de 100.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Qui Ago 26, 2010 11:47 pm

AislanAdi escreveu:
Luiz role dois dados de 100.
Bora rolar nessa bagaça!!!
ledfimh efetuou 1 lançamento(s) de dados Dado de 100 faces (Imagem não informada.) :
8
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Qui Ago 26, 2010 11:47 pm

Segundo
ledfimh efetuou 1 lançamento(s) de dados Dado de 100 faces (Imagem não informada.) :
35
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:59 am

[off] Até que enfim valores baixos hahauhuahua[/off]

O dia amanhece na vila dos Gungans já sem tanta alegria como no dia anterior. Todos os jovens estavam devidamente armados e com armaduras postos lado a lado como se esperando a fiscalização de um superior.

O toque de algumas trombetas e o Grande Chefe sai de sua cabana.

-"Gungans, hoje é um dia histórico. Muito provavelmente nossa rotina terá de ser mudada para sempre, séculos e milênios de paz, sossego e equilíbrio terão fim, independente de como nossos bravos guerreiros se saírem. Se perdermos talvez não sobrará Gungan para viver algum amanhã, mas quando ganharmos teremos de assumir uma posição mais influente na galáxia e no Senado, para evitarmos este tipo de ataque desnecessário. Preparem-se desde já povo Gungan, para uma nova fase ".

Uma pequena festa triste foi iniciada com comida e depedidas. A cada jovem guerreiro foi prometida uma jovem Gungan no caso de retorno da Grande Batalha que se aproximava e de completarem a maioridade.

O General Ancião recorda mais uma vez sobre o caminho e todos seguem para a Vila Central.

Tudo parecia tranquilo até que perto do meio dia um grande rugido é escutado, alguns estrondos depois e uma enorme criatura verde emerge da floresta, com quase nove metros de comprimento e aparência de lagartão.




-"É um Fambaa!!!" Gritou um dos jovens guerreiros.

-"Em formação!!! Gritava outro.

Desordenados e alguns em pânico os jovens guerreiros acionaram seus escudos, montaram em seus kaadus e sacaram suas lanças.

*É rapazes estão em combate, agora que tem as estatísticas dos personagens, pode começar a rolar dois d100 Luiz, anunciando primeiro em nome de quem você irá rolar e que perícia de combate irá utilizar*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 9:45 am

Chegou o momento, antes do esperado inclusive... pensa Tsu.
- Jovens Guerreiros Gungans... esta será apenas a prévia do que estaremos para enfrentar...
Se não vencermos esse ser irracional, então esqueçam, nunca venceremos os Droids. Escutemos o que disse o velho Guerreiro... é a União que nos torna forte. Eu digo mais, é a União e a Ordem. Em formação Guerreiros, a caçada começa agora!!!
- Gungans, se posionem de fronte para o lagartor e procurem acertar seu pescoço...
Enquanto isso Tsu e Squisitogum pegam suas lanças e escudos e se dirigem a lateral do Famba, buscando melhor ângulo para atacar o pescoço!!!
Tsu, com sua lança em mãos tenta chegar o mais próximo possível do animal para atacá-lo.
Squisitogum fica um pouco mais atrás esperando a reação do Famba.

ledfimh efetuou 2 lançamento(s) de dados Dado de 100 faces (Imagem não informada.) :
98 , 43
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 12:05 pm

Aislan, só pra eu ter uma idéia do tamanho do animal... um Gungan, sem sair do chão conseguiria enfiar uma faca até onde?
outra coisa... eu tenho faca?
estou pensando numa jogada, mas preciso de todas essas informações!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:01 pm

Luiz, você não tem uma faca, mas pode utilizar a do Squisitu. Lembre-se que você está montado em Kaadu, assim você atinge todo o ventre do bicho. desmontado você teria de pular para atingir o ventre do animal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:07 pm

Os quatro Gungas jovens tentarão acertar o pescoço do lagartão. Eles tem 35% de perícia com as lanças e 25% com escudo.

Vai os lançamentos agora.

O último refere-se a cauda do Fambaa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
Alexandre
Mestre dos Magos
Mestre dos Magos


Mensagens : 834
Data de inscrição : 28/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville/SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:07 pm

O membro 'AislanAdi' realizou a seguinte ação: Jogar dados

#1 'Dado de 100 faces' : 12

--------------------------------

#2 'Dado de 100 faces' : 18

--------------------------------

#3 'Dado de 100 faces' : 33

--------------------------------

#4 'Dado de 100 faces' : 41

--------------------------------

#5 'Dado de 100 faces' : 26
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://works4weaks.forumeiros.com
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:14 pm

Três dos quatros jovens Gungans acertaram o pescoço do Fambaa, mas ele também acertou uma varredura de quem estava na traseira com a cauda (por sorte ninguém). Como ele é muito maior do que os Gugans, ele não tem direito a esquiva ou coisa do tipo. Seu Couro tem IP 2.

Vamos aos danos. Uma lança causa 1d6 de dano + Bônus de Força (No caso deles é zero). Vamos ver então:

AislanAdi efetuou 1 lançamento(s) de dados Dado de 6 faces (Imagem não informada.) :
,
AislanAdi efetuou 1 lançamento(s) de dados Dado de 6 faces (Imagem não informada.) :
,
AislanAdi efetuou 1 lançamento(s) de dados Dado de 6 faces (Imagem não informada.) :
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:16 pm

Assim o Fambaa sofreu 2+3+1=6 pontos de dano.

Ele ficou mais furioso, mas está meio "tonto" para revidar agora.

Luiz, seus dois personagens ainda tem uma ação neste turno.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:35 pm

Nesse momento, Tsu percebe que Fambaa está distraído e com muita raiva para perceber seus próprios sentidos...
- Squisito, quero que vá montado até a barriga do Fambaa e com sua faca, acerte seu ventre. Enquanto isso eu irei montado até e com a lança em punhos para saltar no pescoço do Fambaa. Já!!!
Nesse momento Tsu e Squisitogum partem numa "cavalgada" a toda velocidade pela lateral em direção ao animal que está distraído e com muita raiva.
Sem pestanejar, Tsu segura a sua lança com toda a força e bem próximo do animal, salta de sua montaria em direção ao pescoço pulsante de Fambaa. Sua intenção é enterrar a lança no pescoço do animal.

Agora a jogada de dados... quantos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:42 pm

Três de 100

Uma para o Squisitu com a perícia Faca, uma para você Acrobacias, e outra para Lança.

Veja sua ficha no outro tópico e obterá os valores que tens que tirar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:49 pm

AislanAdi escreveu:
Três de 100

Uma para o Squisitu com a perícia Faca, uma para você Acrobacias, e outra para Lança.

Chegou a hora... chegando perto do animal e sabendo que estava alí para matá-lo, Tsu sente uma estranha sensação de completude. Parece que algo adormecido no interior de seu ser, acordara para a sanguinolência... e agora estava decidido a estraçalhar aquele ser...

Quero primeiro que Tsu acerte o pescoço do animal, para que desesperado levante seu tronco deixando desprotegido seu ventre... este que será acertado por Squisitogum...
ledfimh efetuou 2 lançamento(s) de dados Dado de 100 faces (Imagem não informada.) :
68 , 83
ledfimh efetuou 1 lançamento(s) de dados Dado de 100 faces (Imagem não informada.) :
4
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:52 pm

ahuahuahuahauhau fudeu!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 1:58 pm

Tsu se prepara para saltar de seu Kaadu e atingir o lagartão com a lança porém no momento de saltar algo sai errado e Tsu salta baixo demais atingir o pescoço do Fambaa, ainda sim ele tente lançar a lança que passa longe do pescoço do Fambaa.

Porém nem tudo está perdido e Squisitu consegue desferir um golpe no ventre do Fambaa, golpe aliás que atinge um dos órgãos vitais do monstro, e o faz sangrar e ficar ainda mais furioso.

Luiz role DOIS dados 1d6-1 para calcular o dano no Fambaa, lembrando que ele tem IP 3.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
ledfimh
Membro FIMH
avatar

Mensagens : 409
Data de inscrição : 29/09/2009
Idade : 30
Localização : Joinville

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 2:02 pm

AislanAdi escreveu:

Luiz role DOIS dados 1d6-1 para calcular o dano no Fambaa, lembrando que ele tem IP 3.

ledfimh efetuou 2 lançamento(s) de dados Dado de 6 faces (Imagem não informada.) :
,
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 3:13 pm

(6-1)=5 + (5-1)=4 =(9 -3) (IP) = 6 pontos de dano no lagartão

Mais os 6 de antes = 12 pontos de dano sofrido.

O Lagarto sente a imensa dor da faca de esquisitu, assim começa a se sacudir loucamente.

Tsu, Squisitu e o joven Gugan que errou o golpe tem direito a teste de AGI normal para ver se se desviam do bicho louco.


Última edição por AislanAdi em Sex Ago 27, 2010 3:15 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sex Ago 27, 2010 3:15 pm

Tsu você tem AGI 10, assim tem de tirar 40% ou menos.

Squisitu você tem AGI 16, assim tem de tirar 64% ou menos.

O jovem Gungan tem AGI 14, assim tem de tirar 56% ou menos.

lá vai:

AislanAdi efetuou 1 lançamento(s) de dados Dado de 100 faces (Imagem não informada.) :
10
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
AislanAdi
Membro do Conselho dos Anciões
Membro do Conselho dos Anciões
avatar

Mensagens : 825
Data de inscrição : 19/10/2009
Idade : 30
Localização : Joinville - SC

MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   Sab Ago 28, 2010 12:00 am

[off] Luiz, a aventura depende que você faça este teste também [/off]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronicasjoinvillenses.blogspot.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Capítulo 1.5 - A revolta tribal   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo 1.5 - A revolta tribal
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Recrutamento] Seeking Online - Capítulo 1: Aurora e Pecado
» Bleach - Shinigami Saga - Capítulo 1 (Tópico de jogo)
» Capítulo 2 - Uma Noite na Taverna
» [Apresentação] Singela Dualidade - Capítulo I
» Capítulo 1: Caminhos Cruzados

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Work's 4 Weaks :: Star Wars - RPG-
Ir para:  
Um fórum grátis | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Criar um fórum
http://velhosamigosnh.wordpress.com